Eduardo Rezende

Eduardo Rezende é gerente de marketing do Peixe há pouco mais de um mês (Foto: Ricardo Saibun/Santos FC)

Léo Saueia
29/01/2016
09:00
São Paulo (SP)

Sem patrocínio master desde 2012, quando o banco BMG não renovou sua parceria, o Santos acredita estar perto de encerrar o período de seca. Negociando com duas empresas, ainda mantidas em sigilo, o departamento de marketing do clube acredita estar próximo de um acordo com uma delas. Para a estreia do Paulistão neste sábado diante do São Bernardo, porém, o Alvinegro segue apostando em parcerias pontuais e já tem um acordo fechado.

A demora no acerto do patrocínio master se deve às condições do mercado, que está com os investimentos congelados por conta da situação política e econômica em que o país se encontra. O projeto do marketing do Peixe era de iniciar a temporada com o master já estampado no centro dos uniformes. O tempo para uma definição, no entanto, não assusta a diretoria, que vê como natural o prazo pedido pelas empresas para firmar um acordo.

No primeiro compromisso oficial desta temporada neste sábado, às 17h, na Vila Belmiro, os novos modelos, desenhados pela Kappa terão a companhia de um patrocinador pontual ainda não divulgado, com a possibilidade de se estender para dois. Certo é que as empresas Royal Air Maroc,  nos ombros, e Voxx, no calção, são parcerias firmadas até o fim desta temporada e até a metade, respectivamente.

FOTOS: SANTOS LANÇOU NOVOS UNIFORMES. VEJA FOTOS ABAIXO: 


Além de negociar com um patrocinador master, o departamento de marketing também trabalha com a possibilidade de anunciar outro patrocinador fixo, para um espaço do uniforme também mantido em sigilo.