Modesto Roma Júnior

Presidente do Peixe não quis dar detalhes de negociação (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo / Santos FC)

Russel Dias
14/04/2016
21:37
Santos (SP)

O presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, esteve no Peru, na quarta-feira para encontrar dirigentes do Altético Nacional (COL), que jogava no país pela Libertadores, para tratar sobre a compra do atacante Marlos Moreno, de 19 anos. Nesta quinta, no aniversário de 104 anos do Peixe, durante comemorações na Vila Belmiro, o dirigente confirmou a investida pelo colombiano, no entanto, admitiu que a intenção do Alvinegro é contar com um reforço.

- Temos propostas (para comprar Marlos). Depende de como for o nosso trabalho de manter o elenco. Se nós perdermos alguém, vamos perder com entrada de dinheiro. Se tiver entrada de dinheiro, nós podemos gastar mais em reforços. São operações que são feitas de forma casada. Não adianta a gente querer encher o elenco. Se nós conseguirmos manter os atuais jogadores, nós não precisamos de tanto reforço. É uma questão que a gente está trabalhando, mas depende muito de propostas, da definição, que vai vir a partir de julho, que é quando abre a janela - afirmou.

Na janela de transferências para a Europa, o Santos deve ter novas ofertas por Lucas Lima e Gabigol, mas quer manter as suas joias. Mesmo sem perder ninguém, o técnico Dorival Júnior espera contar Marlos Moreno.

- Nós queremos um reforço para o Brasileiro. Acho que nosso time está num momento bom e nós precisamos de um reforço para julho - completou.

Sobre dar um presente à torcida no aniversário do clube, Modesto se esquivou.

- O presente é mais uma quarta de final. E vamos trabalhar para chegar à semi