Levir Culpi - Santos

Levir Culpi tem contrato até o final de 2017 (Foto: Ivan Storti/Santos)

LANCE!
20/10/2017
12:23
Santos (SP)

O futuro de Levir Culpi no Santos pode ser definido nas próximas horas. Segundo o presidente Modesto Roma Júnior, que disse estar insatisfeito com o desempenho do time, haverá uma reunião entre diretoria e comissão técnica na tarde desta sexta-feira, quando a delegação chega de Recife, onde empatou com o Sport na última quinta-feira.

Ao avaliar o trabalho do treinador, Modesto não garantiu sua permanência no cargo e deixou o futuro aberto.

- Sentamos sempre para avaliar. Hoje vamos avaliar também. Quando estávamos conversando sobre isso (técnico), comentei com alguém do nosso grupo (Comitê de Gestão) que devemos ter as decisões sempre com sabedoria. Convite para o encontro de hoje foi para transmitirmos as nossas sabedorias. Hoje vamos ter um encontro para discutir nossas sabedorias quando pessoal chegar do Recife. Vamos conversar como sempre conversamos.

- Questão do Levir não é algo decidido ou definido. Ninguém disse ou vai dizer que vai embora hoje, amanhã ou daqui a dois meses. É uma coisa que está sendo analisada todos os dias. É uma decisão que tomaremos em conjunto, no momento certo. Quando perdemos para o Corinthians na quarta rodada do Brasileiro, disse que precisávamos balançar a roseira. Futebol é pura emoção, torcida, a tentativa de sempre querer ter isso como válvula de escape. Tenho que me concentrar e pensar o que é melhor para o clube. Eu estou insatisfeito com os resultados. Você estaria perguntando isso se não fosse o gol no cruzamento? Estaria satisfeitíssimo no 1 a 0. Comemorou empate em casa como se fosse campeonato do mundo. Entendo que a insatisfação é com situações pontuais. Estou insatisfeito com o time, que significa conjunto. Time é o conjunto, comissão técnica, jogadores, diretoria, administração... é tudo.
- comentou.

Em 29 jogos com Levir no comando, o Santos venceu 13, empatou 12 e perdeu quatro, o que significa um aproveitamento de 58%.

Se for demitido, a tendência é que o auxiliar Elano assuma o comando interinamente até o fim da temporada. 

Na avaliação da diretoria, Elano ainda está sendo preparado para ser técnico e está no caminho certo.

- Pode ser Levir? Pode. Pode ser Elano? É mais difícil, mas está num trabalho de qualificação para obter certificados da CBF, mas um dia isso vai acontecer. Elano trabalha para se qualificar. Quando tiver essa qualificação, como é muito identificado e competente - concluiu.