Russel Dias
05/11/2016
06:00
Santos (SP)

A diferença de seis pontos para o líder já foi missão impossível na carreira de David Braz. Em 2009, o zagueiro foi um dos pilares do Flamengo na arrancada do título Brasileiro e, assim como atualmente, tinha o Palmeiras como líder do Brasileirão.

A tarefa de sete anos atrás serve como inspiração para o Santos, a começar por domingo, contra a Ponte, às 11h, no Moisés Lucarelli.

A cinco rodadas do fim, não só David Braz, mas toda a comissão técnica e elenco do Peixe acreditam que é possível superar o rival e vencer as cinco batalhas pelo título.

– Será difícil porque temos sequência difícil e temos que, primeiro, fazer a nossa parte. Não adianta pensar em um tropeço de quem está na frente. Com o Flamengo temos confronto direto na casa deles. Não adianta pensar em tropeço do Palmeiras se não fizer nossa parte – avisa, em entrevista ao LANCE!.

Além da experiência no Rio de Janeiro, o camisa 14 tem já tem currículo extenso na Vila Belmiro. Ele é o único titular que esteve presente nas últimas quatro finais do Peixe: nas decisões do Estadual, de 2014 até 2016 e na final da Copa do Brasil da temporada passada, tendo vencido duas e perdido outras duas.

Mas pela circunstância, o defensor não esconde que a lembrança maior nessas horas é a do título de 2009, em que David fez um dos gols do título nacional do Flamengo.

– Com certeza, é um exemplo do que pode acontecer no futebol, né. Se vai acontecer eu não sei, mas é um exemplo que temos que puxar. Isso nos fortalece para acreditar ainda mais que tudo é possível, ainda mais no nosso trabalho do dia a dia. Nossa sequência vem sendo muito boa, então isso nos traz confiança, esperança de que possa dar certo – afirmou.

Confira outras respostas de David Braz:

É possível ser campeão?


Com certeza, nada é impossível. É aquela bela frase: nada é impossível, enquanto houver chances a gente vai acreditar e lutar por isso.

O ambiente do Santos é diferente dos que já viu?


Sim. No Flamengo vivi também momentos maravilhosos, mas por ter a maior torcida do Brasil o Flamengo tem essa pressão. E o Santos tem crescido. É um ambiente muito bom.