LANCE!
16/04/2016
21:31
Santos (SP)

A torcida presente na Vila Belmiro comemorou a vitória por 2 a 0 sobre o São Bento, neste sábado, e principalmente a classificação para a semifinal do Paulistão. No entanto, o técnico Dorival Júnior não ficou satisfeito com a atuação do Santos. O principal problema foi a oscilação de ritmo no segundo tempo.

O Peixe anotou os dois gols no primeiro tempo e sofreu pressão do time de Sorocaba no segundo. Os visitantes colocaram bola na trave e levaram perigo diversas vezes ao goleiro Vanderlei. Segundo o treinador, correções devem acontecer nos treinamentos antes da semi do Paulistão na próxima semana.

- Acho que primeiro a intensidade no primeiro tempo foi muito grande e nós tivemos algumas dificuldades porque alguns jogadores ficarem sem atuar. Parece um descanso, mas se sente o ritmo. Parece estranho, mas é a realidade. São Bento cresceu, ficou com a posse de bola, até maior do que a que nós conseguimos antes. Foi interessante a criação de jogadas, aproximação, troca de passes. E de repente a oscilação é que realmente acaba nos preocupando. Vamos trabalhar para buscar as correções e não estejamos propensos a situações que foram criadas pelo adversário, possibilitadas pelo nosso posicionamento tático - explicou o treinador após a partida.

Dorival, inclusive, tem uma explicação tática para justificar as ações do Santos e as respostas do São Bento.

- Nossa equipe joga muito vertical. E em alguns momentos atravessamos uma ou muito jogada, que poderia ser de troca de bola, posicionamento consistente. Acabamos às vezes comprometendo a maneira como a equipe esteja distribuída para determinado lance, criando espaços em um momento ou outro do jogo. Pela velocidade da equipe, fica muito difícil, ou você chega com essa velocidade e define resultados, ou compromete o momento da partida, ou deixando a impressão de vulnerabilidade, como aconteceu hoje, de maneira real, coisas que não aconteceram em outras partidas - completou.

O Santos se reapresenta na segunda-feira. O próximo duelo será contra o Santos do Amapá, fora de casa, na quinta-feira, pela Copa do Brasil.