LANCE!
15/06/2017
08:00
Santos (SP)

Sem Ricardo Oliveira, o recém técnico Levir Culpi optou por Kayke no clássico desta quarta-feira, contra o Palmeiras, em que levou a vitória por 1 a 0. E o rendimento do atacante tem agradado, tanto que se depender do novo comandante santista a posição de titular está garantida.

- O Kayke entrou em uma fase muito boa. É um jogador muito inteligente. Finalizador, tomara que siga. A posição é dele. É só continuar. - explicou.

No entanto, Levir não descarta a ideia de usar ambos em uma partida, porém, ressaltou que dependeria da situação do jogo.

- Não acho que isso seja o ideal taticamente para o Santos, mas pode ser usado em uma situação de jogo quando precisarmos de mais força na área - explicou

O camisa 11 anotou setes gols em sete jogos em que entrou como titular e é o vice-artilheiro da temporada do Peixe, ficando atrás apenas de Vitor Bueno, com seis.

Enquanto isso, Oliveira perdeu espaço na equipe por causa de uma pancada no tornozelo esquerdo. Ele segue se recuperando e corre o risco de perder a vaga e voltar no banco de reservas. Vale lembrar que em 17 jogos o camisa 9 balançou a rede quatro vezes.

Apesar da sequências de jogos que Kayke adquiriu, o atacante não demonstra preocupação em caso de voltar a ser reserva de Oliveira. Para ele, independentemente de quem entre, o importante é somar e crescer com o grupo

- Fico feliz (com a sequência). Qualquer jogador busca seu espaço e eu não sou diferente. No momento em que o Levir achar que não sou útil ou tendo boas atuações, dou lugar a outro. É muito comum entre nós essas entradas e saídas. Temos que estar aptos para jogar. Próxima partida não sabemos quem jogará, todos se doaram muito e podemos ter ausência por conta do cansaço. O importante é somarmos e crescermos com o grupo - concluiu.

O próximo desafio do Alvinegro é neste sábado, contra a Ponte Preta, às 21h, no Pacaembu, pela oitava rodada do Brasileirão.