Copa do Brasil - Santos x Palmeiras (foto:Ivan Storti/LANCE!Press)

Santos bateu o Palmeiras por 1 a 0 na Vila Belmiro. Volta é na próxima quarta-feira (foto:Ivan Storti/LANCE!Press)

LANCE!
26/11/2015
01:06
Santos (SP)

A vitória por 1 a 0 do Santos contra o Palmeiras na primeira final da Copa do Brasil não ficou marcada somente pelo gol perdido por Nilson no final do jogo. Dentro de campo, houve muita confusão durante os 90 minutos. Foram dez cartões amarelos, um cartão vermelho e briga após o apito final.

- Santos e Palmeiras em final de Copa do Brasil é jogo nervoso mesmo. A gente conhece os jogadores deles, eles conhecem os nossos. O futebol é isso - explicou o lateral Victor Ferraz.

Um dos principais entreveros ocorreu na metade do segundo tempo, propiciado por xarás. Na lateral do campo, Lucas Lima estava com a bola nos pés e abriu os braços para fazer a proteção. A mão do meia pegou no rosto do palmeirense. O lateral reclamou, o santista riu. Lucas não gostou da reação do rival e acabou chutando o xará alvinegro, o que ocasionou sua expulsão.

- Não só a equipe do Palmeiras, mas o árbitro estava louco para me tirar do jogo. Eles estão procurando coisas de fora para se motivar. Faixa, camisa, sei lá o quê. Nós queremos jogar bola. Eles enrolando com lateral com 15 minutos de jogo... - reclamou Lucas Lima, no final da partida.


Lucas, o do Palmeiras, não deixou por menos e rebateu. O lateral está suspenso para a decisão, que será jogada na próxima quarta-feira, no Allianz Parque.

- Ele só deixa o braço na minha boca. Era lance para, pelo menos, cartão amarelo. Deixou o braço em uma jogada que não tem nada a ver. Paciência. Estava fora pelo terceiro amarelo, fui expulso, prejudiquei, mas ele deveria ter dado cartão para o Lucas (Lima).

Líder do elenco santista, o zagueiro David Braz tomou a palavra para reclamar das ações da defesa palmeirense em relação a Ricardo Oliveira. O atacante sofreu com entradas dos rivais durante a partida, mas também provocou os atletas do Verdão.

- Deram porrada no Ricardo Oliveira, mas só expulsaram no fim. Mesmo com os erros, a arbitragem foi bem no jogo, ganhamos, levamos a vantagem para lá, e vamos fazer de tudo para conseguir uma vitória lá também - completou Braz.