Jean Mota

Jean concedeu duas assistências aos companheiros nesta temporada (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

LANCE!
19/06/2017
17:52
Santos (SP)

Apesar de ser meia de origem no Santos, Jean Mota se destacou na lateral-esquerda e ganhou uma nova oportunidade com o técnico Levir Culpi, que não deve apostar em Zeca quando retornar de lesão. Mas para o camisa 39, se pudesse escolher jogaria no meio de campo.

- Depende do treinador (virar lateral). Eu gosto mais de jogar de meia, até pela beirada também. Gosto de estar por dentro, mas se eu continuar tendo boa sequência na lateral, já estou adaptado e vou assumir a responsabilidade - explicou.

Destaque no jogo contra a Ponte Preta, um dos poucos erros que Jean reconheceu foi a marcação. Mas ele promete melhorar e ressaltou o aproveitamento da defesa, já que nos últimos quatro jogos o Peixe não sofreu gol.

- É muito difícil. Sou um meia de origem. A marcação é um fator para melhorar. Com o entrosamento dos companheiros, sempre vamos batendo papo, e isso ajuda muito. Fico feliz por mim e pelo quarteto. Isso é o mais importante - concluiu.

O próximo desafio do Alvinegro é nesta quarta-feira, contra o Vitoria, no estádio Barradão, às 19h30. Vale lembrar que Jean Mota fez o seu primeiro jogo e primeiro gol no estádio rival. Nesta temporada o meia serviu duas vezes os companheiros.