Bruno Henrique

Técnico Jair Ventura conta com Bruno Henrique para sobreviver ao Santos (Foto: Ivan Storti)

Gabriela Brino
13/06/2018
06:00
Santos (SP)

Bruno Henrique deve ser titular do Santos contra o Fluminense nesta quarta-feira, às 19h, no Maracanã, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Se isso acontecer, o atacante sairá jogando pela primeira vez desde a estreia na temporada, contra o Linense, no dia 17 de janeiro, pelo Paulistão.

De lá para cá, o camisa 11 teve grave lesão na retina do olho direito, lesão muscular de grau 2 na coxa esquerda e contusão na região do quadril. São seis jogos, 124 minutos e nenhum gol no ano. Agora, recuperado, tem chance de "iniciar" 2018 e fazer o ano de Jair Ventura se estender.

O técnico está pressionado e pode ser demitido em caso de derrota para o Flu no Rio de Janeiro. Uma de suas apostas é justamente Bruno Henrique, um dos fatores determinantes para a opção por sair do Botafogo em janeiro.

Jair falou por mais de uma vez que, ao receber o convite do Peixe, se imaginou treinando o atacante, um dos destaques do futebol brasileiro em 2017. Alguns adjetivos como "fantástico" e "incrível" foram utilizados pelo comandante durante o período sem poder utilizá-lo.

Na última partida antes da pausa para a Copa do Mundo na Rússia, Jair Ventura precisa vencer para ser mantido no cargo e ter tempo de desfrutar do futebol de Bruno Henrique. Novo tropeço pode, curiosamente, decretar a saída justamente quando passou a contar com o atleta 100% fisicamente.

Bruno deve substituir Eduardo Sasha, desfalque por conta de uma entorse no tornozelo direito. Rodrygo, em fase final de negociação com o Real Madrid, é dúvida. Alison está recuperado de lesão no joelho direito e pode ser novidade. Lucas Veríssimo, suspenso, é desfalque certo, assim como Arthur Gomes, Vitor Bueno, Vecchio e Yuri Alberto.

O provável Santos terá: Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Dodô; Diego Pituca, Renato (Alison) e Jean Mota; Rodrygo (Léo Cittadini), Bruno Henrique e Gabigol.