Golaço do Neymar

Aos 23 anos, Neymar disputa pela primeira vez o prêmio de melhor jogador do planeta (Foto: AFP)

Bruno Cassucci e Gabriel Carneiro
30/11/2015
14:33
São Paulo (SP)

A entrada de Neymar na lista final de indicados à Bola de Ouro renderá um bônus de 2 milhões de euros (R$ 8,1 milhões) ao Santos, clube que vendeu a Joia ao Barcelona em 2013, em negociação ainda obscura segundo a Justiça da Espanha. O pagamento da quantia foi estipulado pelos clubes no contrato de venda de Neymar, e foi um dos valores determinados para diminuir a possibilidade de lucro do grupo DIS (então dono de 40% dos direitos econômicos) e do fundo Teisa (que possuía 5%), e aumentar o faturamento do clube formador de Neymar na negociação.

O pagamento do bônus dependia de Neymar estar entre os três melhores jogadores do mundo durante o período do seu primeiro contrato com o Barcelona, exatamente como ocorreu. Além desse valor, o Barcelona pagou ao Santos importantes quantias pelas preferências de compra de Victor Andrade, Giva e Gabigol (os dois primeiros já deixaram o clube de graça), além de outros valores por um intercâmbio de profissionais nas categorias de base que não ocorre desde o fim da gestão de Odílio Rodrigues, ou dois amistosos, sendo um já realizado em Camp Nou.

Em 2015, o Santos entrou em litígio com a diretoria do Barcelona e o próprio Neymar alegando que recebeu menos do que devia no contrato de venda - pelos direitos econômicos de Neymar foram 17 milhões de euros, mas o valor "oficial" da venda supera os 80 milhões de euros. Entendendo ter sido lesado, o Santos acionou clube, jogador e empresários na Justiça, e agora aguarda a resolução do caso.

O Santos também terá que ter paciência pelos 2 milhões de euros, pois não há a fixação de um prazo para o pagamento pelo Barcelona.

Neymar é o sétimo brasileiro indicado entre os três melhores jogadores do mundo, ao lado de Romário, Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, Kaká e Roberto Carlos. A cerimônia de gala da Fifa, que escolherá entre ele, Messi e Cristiano Ronaldo será no dia 11 de janeiro de 2016.