Ídolo da torcida do Santos, Léo se emociona ao entrar para a Calçada da Fama do Museu Pelé (foto:Divulgação)

Ídolo da torcida do Santos, Léo se emociona ao entrar para a Calçada da Fama do Museu Pelé (foto:Divulgação)

RADAR/LANCE!
23/02/2016
19:32
Santos (SP)

 Maior campeão pelo Santos após a chamada Era Pelé, e um dos grandes ídolos da torcida, Léo teve seu nome eternizado na Calçada da Fama do Museu Pelé. O evento que faz parte do projeto Foot Fame foi realizado no início da tarde desta terça-feira, quando o ex-lateral deixou as marcas de seus pés e recebeu uma placa alusiva à homenagem.

- É uma felicidade muito grande fazer parte dessa galeria, ao lado de verdadeiros mitos do futebol mundial. Hoje um filme passou pela minha cabeça e lembrei os muitos momentos que vivi com a camisa do Santos e das taças que levantei.


 Além de Léo, também foram eternizados na Calçada da Fama Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pepe e Lima – companheiros no Rei nos anos 1960 – e ainda Juary, atacante campeão paulista pelo Peixe em 1978 e um dos representantes da primeira geração dos Meninos da Vila.
A escolha de Léo por parte dos organizadores do evento não aconteceu à toa. O ex-lateral é o dono da maior coleção de títulos pelo Santos após a Era Pelé, com oito taças levantadas: uma Libertadores (2011), uma Recopa Sul-Americana (2012), dois Brasileiros (2002 e 2004), uma Copa do Brasil (2010) e três Paulistas (2010, 2011 e 2012).

 Ele também faz parte da seleta relação dos dez atletas que mais vezes entraram em campo pelo Alvinegro. Foram 455 jogos e 24 gols marcados em suas duas passagens pela Vila Belmiro, entre os anos de 2000 e 2005 e de 2009 a 2014.