Thiago Maia - volante do Santos

Thiago Maia busca repetir a marca alcançada de quatro jogos sem sofrer gols com Dorival (FOTO: Ivan Storti)

Léo Saueia
20/03/2016
08:20
São Paulo (SP)

Entre 2010 e 2015, em suas duas passagens pela Vila Belmiro, o técnico Dorival Júnior ficou marcado por obedecer ao DNA ofensivo do Santos e montar suas equipes jogando para frente e marcando uma enxurrada de gols.

Mas neste domingo, quando entrar em campo para enfrentar o ameaçado Rio Claro, às 19h30, no Augusto Schmidt, o ofensivo Peixe poderá igualar a maior sequência sem sofrer gols sob o comando do técnico.

No ano passado, quando deu início à arrancada da equipe rumo ao G4 do Brasileirão e à decisão da Copa do Brasil, Dorival teve uma sequência de quatro partidas sem sua defesa ser vazada. Na sequência diante de Coritiba, Vasco, Atlético-PR e Corinthians, o comandante alvinegro contou com seu para-raios: o jovem volante Thiago Maia.

Titular absoluto com Dorival, Thiago foi convocado para defender a Seleção olímpica e faz neste sábado seu último jogo pelo Peixe antes de se apresentar ao técnico Rogério Micale para dois amistosos. No dia do "até logo" à torcida santista, o camisa 29 espera igualar a marca de 2015.

- Acho que podemos sim (igualar a marca), a gente vem trabalhando forte, professor Dorival trabalha mais a parte defensiva do que ofensiva, então isso tudo é resultado de treino. Gustavo e Lucas vêm bem, Vanderlei é uma muralha no gol, quando passa da gente ele sabe resolver... Então isso vem ajudando muito a gente, não só a mim como ao Renato também - contou, ao LANCE!

Um dos jogadores que mais desarma no meio de campo do Santos, Thiago Maia é o para-raios da zaga, responsável pelo primeiro combate à frente dos defensores. Entretanto, o camisa 29 não se vê como único responsável pela boa fase da defesa.

- O time todo marca. Isso vem do Ricardo, Gabriel, Serginho, Lucas Lima... Depois chega em mim e no Renato. Isso aí está fortalecendo o nosso jogo - avaliou.

Menino da Vila avesso à história de garotos franzinos, de canelas finas e habilidosos, Thiago personifica o novo estilo de jogo do Santos, com marcação pressão no adversário e manutenção da posse de bola.

Aos 18 anos, ele espera quebrar marcas e fazer a equipe cada vez mais forte também defensivamente. Menino da Vila? Pelo contrário!

- Menino da Vila é um apelido, mas passei de menino para homem!