Santos x Flamengo (Foto: Ale Cabral/Lancepress!)

Apesar de todas as mudanças saírem do meio para frente, Santos passou em branco (Foto: Ivan Storti/LANCE!Press)

LANCE!
20/11/2015
00:50
Santos (SP)

O goleiro Vanderlei foi o principal responsável pelo Santos não ter sido derrotado pelo Flamengo na Vila Belmiro, nesta quarta-feira, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Responsável por cinco defesas difíceis segundo os números do Footstats, o camisa 1 do Peixe lamentou a má atuação ofensiva que fez o Peixe somar apenas um ponto e deixar o G4 do torneio - o São Paulo, que venceu o Atlético-MG, foi a 56 e deixou o Santos com 55, agora no quinto lugar.

- Vi no placar em determinado momento que o Atlético-MG estava vencendo, mas depois fiquei sabendo que perdeu e então saímos do G4. Complicado. Mas fizemos uma partida bem abaixo, o Paulo Victor quase não entrou no jogo, sendo que nós demos muita chance para o adversário. Nosso jogo foi bem distante (do que é costume apresentar), sem pressionar no ataque, estranho - analisou Vanderlei, antes de completar dizendo que nada está perdido para o Peixe nos três jogos finais do Brasileirão de 2015:

- No Campeonato Brasileiro é importante pontuar, e isso nós conseguimos. Agora é tentar recuperar o tempo e os pontos perdidos e vencer o Coritiba fora de casa - disse o goleiro, contratado pelo Santos no início da temporada justamente junto ao Coritiba.

Vanderlei é o único jogador que entrou em campo em todos os 30 jogos do Santos sob o comando de Dorival Júnior, e será mantido para a partida do próximo domingo, às 19h30, contra o Coritiba, com portões fechados no Couto Pereira. O compromisso no Sul é o último do Peixe antes do primeiro jogo válido pelas finais da Copa do Brasil, contra o Palmeiras.

Ainda na briga pelo G4, o Santos disputa o título no mata-mata da Copa do Brasil, conquista que também pode levar á Libertadores de 2016. Pensando nos próximos desafios, a equipe se reapresenta na tarde desta sexta-feira, no CT Rei Pelé. Sábado, treino pela manhã e viagem à tarde para Curitiba, palco do duelo da antepenúltima rodada do Brasileirão.