LANCE!
15/08/2017
08:00
Santos (SP)

Foram 11 meses longe dos gramados entre a ruptura nos ligamentos do joelho esquerdo e a recuperação total até voltar aos gramados. Na última segunda-feira, o zagueiro Gustavo Henrique voltou a jogar pelo Santos e já começou como titular. Apesar da falta ritmo, o camisa 6 chamou a atenção do técnico Levir Culpi.

- Fiquei feliz pelo Gustavo. Um menino, muito sóbrio, elegante para jogar. Gostei muito do estilo dele. Tínhamos uma preocupação com o ritmo, mas gostei do desempenho dele. Foi o clube que peguei nos últimos tempos com o maior número de zagueiros. São seis bons zagueiros. É bom, mas é um problema - disse o técnico do Peixe.

O treinador ainda planeja dar sequência ao defensor de 24 anos, que até se lesionar, era titular da zaga alvinegra ao lado de Luiz Felipe, que segue em tratamento da mesma lesão.

Diante do Fluminense, Levir preteriu o argentino Noguera para dar chance ao jovem revelado na base.

- Temos de trabalhar isso agora. Demos descanso para o Braz, e o Gustavo é considerado um dos titulares do Santos, precisa jogar. Demos a chance, porque ele estava 11 meses sem jogar, e aí vai jogar numa final de Libertadores? Estou feliz com o elenco e vamos ter de trabalhar com esses jogadores todos - finaliza.

Para encarar o Coritiba, no domingo, fora de casa, Levir Culpi terá David Braz à disposição, mas não confirma a volta do camisa 14.