8/8 - Santos 3 x 0 Coritiba (Geuvânio, contra, Ricardo Oliveira)

Geuvânio era um dos grandes destaques do Santos na temporada passada (Foto: Ivan Storti/Lancepress!)

Léo Saueia e Russel Dias
14/09/2016
08:10
São Paulo e Santos (SP)

Após o técnico Dorival Júnior declarar recentemente que o Santos precisa de um atacante veloz para o lado de campo para a sequência da temporada, um nome entre a torcida foi unanimidade: Geuvânio, Menino da Vila vendido no início do ano para o Tianjin Quanjian, da China.

Enquanto alguns ainda lamentam sua negociação com os chineses, outros já projetam sua volta à Vila Belmiro para o ano que vem, principalmente com a chance de o Peixe disputar a Libertadores. Em entrevista ao LANCE!, o Caveirinha afirmou estar focado em alcançar os objetivos pelo atual clube, mas reiterou desejo de voltar um dia e disse que "nunca se sabe o dia de amanhã".

- Olha, no momento não consigo pensar nisso, porque estou feliz aqui na China e hoje estou lutando para conquistar os objetivos do Tianjin Quanjian. No futebol é muito difícil saber o dia de amanhã, as coisas mudam muito rápido. Penso um dia poder voltar ao Santos, é claro, tenho um carinho muito grande pelo clube. Mas, no momento, estou focado nos meus objetivos aqui na China. 

Mesmo negociado em janeiro deste ano, Geuvânio ainda não esquece o Santos. Mesmo com o fuso-horário, que o impede de acompanhar as partidas na maioria das vezes, o atacante ainda mantém contato com o atual elenco através do WhatsApp.

- É muito difícil ver os jogos, por causa do fuso-horário. Aqui são 11 horas a mais em relação ao Brasil. Mas sempre procuro ver os gols e os melhores momentos. Estou sempre em contato com o pessoal, sim. Temos um grupo no WhatsApp até hoje.