Diego Hypolito chora com a medalha de prata: conquista engasgada há oito anos

Diego Hypolito levou oito anos para faturar medalha de prata (Foto: Ben STANSALL / AFP)

LANCE!
18/08/2016
09:00
Santos (SP)

A Olimpíada não acabou, mas já rendeu histórias de inspiração. Na preleção antes do jogo contra o Atlético-MG, na Vila Belmiro, o técnico santista Dorival Júnior usou o ginasta Diego Hypolito como exemplo aos jogadores para mostrar que é possível se superar e vencer após um revés severo.

No caso de Diego, ele conquistou uma medalha de prata na Olimpíada, na semana passada, na disputa do solo. Antes disso, ele havia ficado fora do pódio em dois Jogos Olímpicos, sempre caindo na execução dos exercícios.

Para Dorival, o exemplo foi válido pois o Santos havia perdido para o lanterna América-MG na rodada anterior.

– Quando a gente quer um resultado, a gente vai buscar. A gente vai trabalhar com a intensidade de sempre. Olha o Diego Hypolito, ele teve duas quedas, uma de bunda e outra de cara. Hoje ganhou medalha de prata. Isso demora quatro anos para sofrer e se preparar. Tivemos uma derrota na semana passada. Se hoje o jogo é difícil, para eles (Atlético-MG) é muito mais. Eles enfrentam o Santos aqui dentro, querendo o resultado! Vamos sentir o jogo, buscar intensidade. Vamos vibrar – disse o treinador, gravado pela Santos TV.

O vídeo, inclusive, repercutiu entre torcedores nas redes sociais.