Léo Saueia e Russel Dias
01/06/2016
06:05
São Paulo e Santos (SP)

Emprestado pelo Flamengo até o fim do ano, Paulinho chegou ao Santos sob desconfiança. Não só pelos questionamentos sobre a qualidade do seu futebol, mas principalmente por ter aparecido em uma foto com a camisa do rival Corinthians, clube com o qual chegou a negociar.

Nesta quarta-feira, quase quatro meses depois do episódio e ainda sob desconfiança, ele terá a chance de apagar o passado que ainda o assombra.

Enquanto substitui Gabigol, na Seleção Brasileira, o atacante encontra nesta noite, às 21h, o próprio Corinthians, desta vez em Itaquera, a primeira vez desde a fatídica imagem.

 Porém, o número 26 do Peixe tem planos para encerrar a história com chave de ouro e dar aos santistas motivos para esquecer o passado.

- Depois dessa foto alguns torcedores criticaram com razão. Foi um erro. Depois disso, no clássico, contra o Corinthians (na Vila Belmiro), dei o passe para Oliveira fazer gol. Quem sabe na quarta desencanto e acabo com essa historia? Faço uma comemoração para torcida santista - afirmou Paulinho antes do clássico, lembrando da única vez em que enfrentou o Timão, pelo Paulistão. 

Paulinho, atacante do Flamengo, com a camisa do Corinthians (Foto: Reprodução)
Paulinho, atacante do Santos, posou com a camisa do Corinthians antes de acertar com o Peixe (Foto: Reprodução)

Após ter tido sequência como titular logo que chegou ao Alvinegro, Paulinho não ganhou a vaga ao lado do trio formado por Lucas Lima, Gabigol e Ricardo Oliveira. Com os três fora do time, porém, ele espera que as novas chances sirvam para que ele garanta sua permanência no Peixe, ao invés de retornar para o Flamengo no final desta temporada.

- Tive altos e baixos no começo. Tenho que estar pronto, me dedicar e ocupar essa vaga. Só Deus sabe do meu destino. Espero que sim, me esforço pra ficar aqui. Não quero vir só pra passar - conclui.

Agora, quem pode mudar tudo para o Santos e para o próprio futuro é Paulinho. Desta vez, em campo.