Santos x Flamengo (Foto: Ivan Storti/Lancepress!)
Russel Dias
19/11/2015
23:59
Santos (SP)

Saudade é uma das palavras mais difíceis de ser traduzida no mundo, mas nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, no empate em 0 a 0 entre Santos e Flamengo, ela foi traduzida de maneiras distintas.

No Peixe, o torcedor que já não via o time jogar há dez dias, ficou com saudades também de Lucas Lima, desfalque por suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Sem ele, o time da casa pouco criou e teve muita dificuldade para tocar a bola, desde a zaga.

Já o Rubro-Negro tem saudades de um artilheiro. Na expectativa de ver Guerrero (que só entrou aos 12 do segundo tempo), o flamenguista viu Kayke no comando de ataque, que por duas vezes apareceu na cara do gol, mas parou em Vanderlei.

E o técnico Oswaldo de Oliveira, que voltou à Vila Belmiro pela primeira vez após quase ser contratado pelo Santos em junho, demonstrou a saudade da antiga casa de uma forma significativa: como quem bem conhece o estilo da ex-equipe.

Com ordens dele, o Fla bloqueou a saída de bola do Peixe. Eté mesmo o atacante Emerson Sheik foi até a defesa acompanhando Gabigol. 

Apreensivo, o torcedor alvinegro só comemorava os gols do Atlético-MG anunciados no telão que adiavam o título do rival Corinthians e freava o outro rival São Paulo, que se afasta do G4 do Brasileirão.

O segundo tempo foi de mais chances para o Santos, que mesmo chegando mais perto do gol de Paulo Victor, não conseguia achar o artilheiro Ricardo Oliveira. Gabigol e Geuvânio quem arriscaram de longe, mas sem sucesso ou pontaria.

A maior chance do jogo veio aos 29 minutos do segundo tempo, quando Neto Berola deu um passe que desviou e sobrou para Gabigol, mas o camisa 10 do Peixe errou o alvo.

O empate sem gols quebra a sequência de 15 vitórias seguidas do Santos na Vila Belmiro e tira o time do G4, com 55 pontos.

Já o Flamengo permanece no meio da tabela e vai a 48 pontos, um a menos do que o 10 colocado Palmeiras. No domingo, o Peixe encara o Coritiba. O Fla receberá a Ponte Preta.


FICHA TÉCNICA

SANTOS 0 X 0 FLAMENGO

Data/horário: 19/11/2015 - 22 horas
Local: Vila Belmiro - Santos/SP
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Ivan Carlos Bohn (PR)

Público/Renda: 8.071/R$ 324.085,00
Cartões amarelos: Gustavo Henrique e Thiago Maia (SAN); Jorge e Ayrton (FLA)

SANTOS: Vanderlei, Daniel Guedes, Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Thiago Maia, Renato (Serginho, 29'/2ºT) e Marquinhos Gabriel; Geuvânio (Neto Berola, 20'/2ºT), Gabigol (Leandro, 40'/2ºT) e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.

FLAMENGO: Paulo Victor, Pará (Ayrton, 22'/2ºT), César Martins, Wallace e Jorge; Márcio Araújo, Jonas (Canteros, 33'/2ºT) e Alan Patrick. Gabriel, Emerson Sheik e Kayke (Guerrero, 12'/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira.