Russel Dias
19/01/2018
06:00
Santos (SP)

Se Inter de Milão (ITA) e Benfica (POR) colaborarem, o Santos espera anunciar Gabigol nesta sexta-feira e, o mais tardar, ter o atacante treinando no CT Rei Pelé no dia 22 de janeiro, segunda-feira. Tanto a diretoria como a comissão técnica têm pressa para que o atacante se apresente por um motivo especial: o clássico contra o Palmeiras, no dia 4 de fevereiro, no Allianz Parque.

Apesar da indefinição do futuro do atacante de 21 anos desde o fim do ano passado, quando ficou sabendo que não seria mais aproveitado em Portugal, Gabriel entrou em campo pela última vez no dia 5 de dezembro e atuou por 17 minutos contra o Basel, da Suíça.

Desde então, o ex-camisa 10 do Peixe fez exercícios por conta própria e com orientação de preparador físico para manter a forma. A maior preocupação do técnico Jair Ventura é quanto ao ritmo de jogo do jovem revelado na Vila Belmiro.

Assim que chegar no CT, Gabriel será avaliado por fisiologista e preparador físico para saber sua real condição. O fato de ter se mantido ativo durante a pré-temporada pode ter ajudado o atacante.

O setor ofensivo é o que mais preocupa a diretoria do Peixe, que perdeu Lucas Lima e Ricardo Oliveira. Enquanto Bruno Henrique se recupera de um trauma nos olhos e ficará por pelo menos dois jogos fora, o Peixe busca ainda as contratações do meia Zelarayán e do centroavante Santiago Tréllez.

A última partida de Gabigol pelo Santos foi na derrota para o Figueirense, no dia 28 de setembro de 2016, pelo Brasileirão, na Vila Belmiro. No total, ele tem 56 jogos em 154 jogos pelo clube. Seu empréstimo será válido até dezembro.