LANCE!
07/12/2016
16:28
Santos (SP)

Elano evitou chorar em sua última entrevista como jogador de futebol, nesta quarta-feira. Apesar das primeiras palavras embargadas, o meia agradeceu tudo que teve no Santos e a oportunidade de ser auxiliar-técnico em 2017. Mas a seriedade durou pouco.

Minutos depois, jogadores do elenco do Peixe tomou a sala de entrevista do CT Rei Pelé, jogaram água no companheiro e todos agradeceram o camisa 11. Mas foi o técnico Dorival Júnior quem roubou a cena. 

- Acabou a brincadeira. Chega. Agora é professor Elano, respeita. É a última com ele - brincou.


Mesmo com toda a festa, Elano conseguiu dizer tudo o que queria. 

- Tinha a possibilidade de continuar como atleta, eu me sinto apto, treino todos os dias normalmente. Faço o mesmo trabalho de todos. Mas vejo como grande oportunidade e gratidão por receber esse convite. Não é simples. É gratificante. Tem a minha história por trás, sentimento de parar e não ir treinar, cruzar e chutar, virar uma bola, como vou me sentir? Ao longo do tempo vinha me preparando, orações, madrugada, silêncio.. tenho certeza que a decisão foi acertada. Chegou o fim. É momento de parar mesmo. A decisão é tranquila. - explicou.

Aos 35 anos, ele fará parte da comissão técnica como auxiliar fixo, junto de Serginho Chulapa.

Como jogador, Elano fez 321 jogos, 68 gols e sete títulos conquistados, entre eles: quatro Paulistas, dois Brasileiros e uma Libertadores. Seus últimos minutos como atleta serão contra o América-MG, no domingo, na Vila Belmiro.