LANCE!
04/02/2017
00:16
Santos (SP)

As palmas, celebrações e euforia ficaram só para a torcida do Santos após a vitória por 6 a 2 sobre o Linense, na Vila Belmiro, nesta sexta-feira, na estreia do Paulistão. O técnico Dorival Júnior, em entrevista coletiva após a partida, adotou uma postura mais cautelosa. 

A principal preocupação do treinador é manter os pés no chão após a primeira apresentação da temporada. Inclusive, na reapresentação do elenco, já no sábado, ele quer mostrar mais erros do que acertos do Peixe.

- É início de trabalho, sentimos algumas dificuldades. Precisaremos arrumar algumas coisas. Criação foi boa, até acima do que imaginávamos em um começo, ainda mais sabendo que o adversário trabalhava há mais tempo. Imaginava problemas físicos e não foi isso que aconteceu. Fizemos 35 minutos intensos, participação em um todo, principalmente na retomada de bola. Perda e reação rápida. Participando com meio e ataque, e laterais, durante quase todo o tempo. Nossas principais jogadas foram criadas com movimentações. Ainda é muito cedo e temos que melhorar muitas coisas. Foi apenas uma boa partida.

- Tenho satisfação, é natural. E não vou cortar isso do torcedor de maneira nenhuma. Mas somos profissionais e precisamos ter consciência, mostrar os pés no chão. Não é nada além de um bom resultado. Estou satisfeito, mas amanhã iniciamos o trabalho, repetição, cobrando mais, enaltecendo menos, mostrando mais erros do que acertos. Não precisamos exceder qualquer comemoração. É fato natural. Derrota tem peso grande. Vitórias parecem obrigação. A gente se acostuma - avaliou.

O Peixe se reapresenta na manhã de sábado. O próximo desafio será no domingo da semana que vem, às 11h, contra o Red Bull, no Pacaembu.