Santos x Osasco Audax

Dorival elogiou a postura do Audax na Vila Belmiro (Foto: Ivan Storti/Lancepress!)

LANCE!
10/04/2016
19:03
Santos (SP)

Apesar da vitória conquistada sobre o Audax na Vila Belmiro, o Santos teve dificuldades para construir o placar. Com diversos desfalques, o Peixe foi envolvido pelo rápido toque de bola da equipe de Osasco, saiu atrás no marcador e conseguiu a virada apenas aos 42 do segundo tempo.

Reconhecendo a superioridade do Audax, principalmente na primeira etapa, o técnico Dorival Júnior elogiou o "espetáculo" que as duas equipes propiciaram ao torcedor. Para o treinador, o Audax foi uma das poucas equipes a dominarem o Santos na Vila Belmiro.

- Foi uma partida muito bem jogada, duas equipes que propuseram o jogo a todo momento. Muito complicado o nosso primeiro tempo, Audax prevaleceu. Tivemos algumas boas situações, mas bem diferente daquilo que estávamos acostumados a fazer dentro da Vila. Houve uma correção no segundo tempo e tivemos uma postura mais agressiva, um encaixe maior das movimentações. Acho que foi um jogo agradável. Todos puderam ver, inclusive no momento da entrada do Joel, que ele ficou uns quatro ou cinco minutos do meu lado sem poder entrar porque a bola não saía. Eu acho que é esse tipo de espetáculo que queremos ver - enalteceu. 

Para conquistar a vitória, Dorival teve de apostar na estrela do meia Ronaldo Mendes. Aos 42 minutos da etapa final, o zagueiro Luiz Felipe estava com cãibras e deixou o campo para a entrada de Ronaldo. Dessa forma, o meia Rafael Longuine terminou o jogo como zagueiro. Para Dorival, arriscar era preciso.

- Tem momentos que precisamos arriscar, e o jogo me proporcionou essa condição. Eu estava na dúvida porque o Luiz tinha dado sinais de cãibra. Pedi para o Lucas (Veríssimo, zagueiro) ir para o aquecimento, mas muito mais por uma precaução. Dificilmente eu colocaria ele em campo. Queria ver a equipe reagindo e buscando resultado. Fico feliz de o Ronaldo ter entrado bem, feito o gol da vitória - explicou o técnico santista.