LANCE!
01/06/2016
23:56
São Paulo (SP)

O técnico Dorival Júnior surpreendeu a todos ao divulgar a escalação do Santos, antes de sofrer a derrota por 1 a 0 para o Corinthians, nesta quarta-feira. O Peixe foi a campo com seis meio-campistas, nenhum atacante e se concentrou em não deixar o rival jogar. No ataque, o Alvinegro Praiano teve pouco efetividade. No entanto, o treinador santista descarta que a estratégia era em busca de empate.

Segundo Dorival Júnior, havia estratégia para balançar as redes, mas a execução não foi conforme o planejado, explicou o técnico, ao reconhecer os erros do time.

- Tínhamos uma estratégia, eu não vim para empatar. A estratégia era segurar para que jogássemos por bolas em que fatalmente teríamos o contra-ataque. Em determinado momento tivemos todas essas possibilidades, erramos saídas de bola e transição, não proporcionando aos três atacantes possibilidade real de investir ao gol adversário. Desperdiçamos bolas importantes, que poderiam ser fatais se tivéssemos frieza. Mas as alterações foram buscando gol a todo momento, para definir na segunda etapa - disse após a partida.

Dorival também foi claro ao afirmar que as jogadas de ataque do Peixe dependem de Lucas Lima, que está na Seleção Brasileira e insistiu na dificuldade em substituir o camisa 20 à altura. Novamente, ele pediu paciência à torcida.

- Nós perdemos a nossa velocidade, é um fato. A nossa velocidade depende em primeiro plano de Lucas Lima, movimentações sempre agudas de Gabriel e Ricardo. Sem eles há uma diferença, e quem entra tem outra característica. Não podemos querer que jogadores atuem da mesma forma que a equipe anterior, é processo de adaptação. Há 15 dias jogávamos finais de Paulista, não tinha como preparar equipe alternativa para o início do Campeonato Brasileiro. Temos que ter essa tranquilidade a partir de agora, porque a exigência do torcedor é natural e nós entendemos. A paciência é necessária nesse momento, não podemos perder a confiança que sempre tivemos nessa equipe - concluiu.


O Santos se reapresenta na quinta-feira, no período da tarde. O próximo desafio é contra o Botafogo, no Pacaembu, domingo, às 11h.