Modesto e Dorival

Modesto e Dorival tiveram punição convertida em multa pelo STJD (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

LANCE!
20/10/2016
19:56
Santos (SP)

Punidos em primeira instância pelo STJD por conta de declarações contra a arbitragem de Rodrigo Raposo no duelo entre Santos e Internacional no Beira-Rio, pelo Brasileirão, o presidente santista Modesto Roma Júnior e o técnico Dorival Júnior tiveram suas penas convertidas em multa pelo tribunal.

Enquanto o treinador foi penalizado pelo tribunal com dois jogos, o dirigente havia sido multado em R$ 40 mil e suspenso por 90 dias de seu cargo. Agora, após julgamento do recurso, o treinador não cumprirá suspensão e será obrigado a pagar R$ 10 mil. Já Modesto teve pena reduzida para 15 dias e multa de R$ 20 mil. O Peixe aceitou o "acordo".

O valor que o clube terá de desembolsar por conta das punições será destinado a instituições que prestam atendimento e auxiliam no tratamento de mulheres com câncer de mama em apoio à campanha Outubro Rosa.

Também punidos pelo Tribunal em primeira instância, o meia Lucas Lima e o zagueiro Gustavo Henrique foram absolvidos.