LANCE!
03/07/2016
18:51
Santos (SP)

Apesar do 3 a 0 no placar, o Santos teve dificuldades para vencer a Chapecoense, neste domingo, na Vila Belmiro. Durante o primeiro tempo, o Peixe pouco finalizou e poucas vezes entrou na área do adversário.

O técnico Dorival Júnior detalhou os problemas do time na primeira etapa da equipe.

- Faltou o passe final, definição, conclusão a gol, em razão de não conseguirmos o volume desejado. Pouco fizemos na primeira etapa. Na segunda etapa, criamos com mais intensidade, foi diferente - analisou o treinador.

A respeito do colombiano Copete, que entrou ainda no começo do segundo tempo, deu duas assistências e fez um gol, Dorival elogiou o atacante, mas foi frio ao responder se o reforço merece ser titular do Peixe.

- Copete e Rodrigão vão buscando se adaptar. Rodrigão trabalhou pouco conosco e mesmo assim vai se adaptando. Temos que ter cuidado com esses jogadores. Estão acrescentando à equipe. Eles vinham em ritmo de jogo, eram titulares em suas equipes. Com isso, eles chegam adiantados - pontuou sobre Copete e Rodrigão.


Já o próprio Copete afirmou que mantém a esperança de ser titular do Santos, mas preferiu não entrar em detalhes sobre quando conseguirá o posto.

- Estou trabalhando para ganhar espaço pouco a pouco. Vai ser importante que todos os companheiros me ajudem. Espero, claro, no futuro, estar na equipe titular - disse o camisa 36.