Santos x Palmeiras

Goleiro defendeu cobranças de Barrios e Marques e contou com erro de Prass (Foto: Ivan Storti/Lancepress!)

LANCE!
25/04/2016
06:55
São Paulo (SP)

Vanderlei foi um dos heróis santistas na tarde de domingo. Após empate em 2 a 2 no tempo regulamentar, fez duas grandes defesas nos pênaltis e contou com um erro de Fernando Prass para colocar o Santos na final do Paulista pelo oitavo ano consecutivo. O técnico Dorival Júnior não poupou elogios ao trabalho do goleiro e revelou a "profecia" que fez ao atleta antes da partida decisiva contra o Palmeiras. 

— Acho que o Vanderlei vem fazendo campeonato muito sério. Nós chegamos para o treino e eles já estão há uma hora no campo com o Arzul (preparador de goleiros) Eles treinam com determinação muito grande. É trabalho. O que eles (preparadores) têm feito tem proporcionado crescimento nos goleiros. Fico satisfeito vendo o Vanderlei jogando com os pés e sendo decisivo com as mãos. Falei pra ele antes da disputa: você vai pegar três pênaltis — contou o treinador.

A mensagem premonitória só se cumpriu parcialmente, pois Vanderlei defendeu as cobranças de Lucas Barrios e Rafael Marques, mas não foi exigido na batida de Prass. Já o Santos só perdeu uma das cobranças - Lucas Lima parou no goleiro alviverde.


Para o próprio Vanderlei, porém, o que determinou seu sucesso contra os batedores do arquirrival foi sua tranquilidade. O camisa 1 ainda destacou sua própria "profecia", de que o Santos chegaria à decisão independentemente dos obstáculos.

- Estávamos com o jogo ganho e demos dois vacilos que o Palmeiras aproveitou. Mas a gente sabia que conseguiria essa vitória. Tenho um jeito discreto, procuro ser calmo e passar tranquilidade aos companheiros. Graças a Deus deu tudo certo hoje (domingo) - disse.

O treinador santista, porém, minimizou o êxito do Peixe na semifinal e garantiu que, por mais que o Peixe se prepare para uma eventual decisão nos pênaltis contra o Audax, não há como estar completamente pronto para este tipo de situação. 

— Sinceramente, a cada ano vamos vivendo várias decisões, e nunca aprendemos com pênaltis. Não existe preparação adequada para penalidade. Não existe certeza de que seu time será fatal. Pênaltis são uma grande loteria, para mim — finalizou.