Santos x Osasco Audax

Contra o Osasco Audax, Dorival precisou recorrer a improvisações  (Foto: Ivan Storti/Lancepress!)

LANCE!
11/04/2016
09:15
Santos (SP)

Na vitória sobre o Audax no último domingo, na Vila Belmiro, ficou claro que o Santos ainda carece de alguns reforços para o restante da temporada. Com sete desfalques, entre lesões e suspensões, o Peixe foi dominado pelo time de Osasco e conseguiu a vitória, por 2 a 1, de virada, apenas no fim da partida.

No duelo, o Alvinegro não contou com nenhum volante à disposição do técnico Dorival Júnior. Rafael Longuine e Léo Cittadini foram improvisados na função. Com o time precisando virar o placar, Dorival colocou o meia Ronaldo Mendes no lugar do zagueiro Luiz Felipe. Dessa forma, Longuine foi novamente realocado, desta vez para a zaga. Segundo Dorival, essa situação emergencial já era precisa e foi trabalhada no CT Rei Pelé para suprir carências do elenco.

- É uma situação que precisamos. Temos trabalhado com o Longuine de zagueiro, o Léo Cittadini de zagueiro, o Alison de zagueiro. Em algum momento precisaríamos. Fomos felizes - explicou o comandante após a virada sobre o Audax. 

Para evitar esse tipo de improvisações no restante da temporada, Dorival se diz atento ao mercado e não vê o elenco do Santos fechado.

- O elenco não está totalmente montado. Tem coisas para que aconteçam e estamos ligados no mercado. Nada é definitivo. Alguma coisa deve mudar aí, mas tudo isso vai acontecer com calma e dentro das condições do Santos - disse.