Dorival Júnior - América-MG x Santos

Dorival ficou nervoso na beira do campo (Foto: Dudu Macedo/Fotoarena/Lancepress!)

LANCE!
08/09/2016
23:45
Santos (SP)

Nem só a arbitragem foi o assunto da entrevista coletiva do técnico do Santos, Dorival Júnior, após a derrota por 2 a 1 para o Internacional. Mesmo com a polêmica expulsão de Lucas Lima, o treinador assumiu a culpa pelos erros do time, como o segundo gol do adversário, na bola parada.

- O erro é meu, não dos jogadores, fomos infelizes na bola parada. É difícil sustentar uma situação com um a menos - disse, se referindo ao esquema tático, que não pôde ser mantido sem Lucas Lima por mais de 45 minutos.

O camisa 10 foi expulso após ter demorado para cobrar um escanteio e levou o segundo amarelo.

Apesar de ter tentado evitar criticar a arbitragem, Dorival não se conteve e disparou contra o juiz Rodrigo Batista Raposo.

- Não tem o que falar. A opinião da arbitragem me impressiona. Ele tomou a decisão que tinha que tomar. Interferiu diretamente na partida. Ele ameaçou dar cartão ao Anselmo e não deu quando viu que ele tinha um cartão já. Atitude estranha. Foi um crime aquela atitude - finalizou.

Após a derrota, o Peixe segue fora do G4 do Brasileirão.