Pelé

Pelé durante sua última aparição pelo Santos, em 2014 (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo / Santos FC)

Russel Dias
03/05/2016
08:00
Santos (SP)

Uma série de insatisfações levou o Santos fazer uma mudança drástica na fachada da Vila Belmiro. Há alguns meses, o clube retirou uma propaganda do Sócio Rei, programa de sócios do clube, que tinha tinha a imagem de Pelé no estádio, ao lado do portão 6.

Os motivos são as divergências com a CSU na condução do programa de sócios e na venda de ingressos, e também a disputa judicial que o clube tem com a empresa que gerencia a carreira de seu maior ídolo.

Depois que o ex-presidente Odílio Rodrigues fez um contrato vitalício com o Rei do Futebol, no fim de 2014, o Peixe teve dificuldades financeiras para cumprir o acordo e tenta se defender na Justiça alegando que seu ídolo não teria condições de cumprir o acordo.

A respeito do Sócio Rei, a diretoria pensa em reformar o programa, mas encontra dificuldades para beneficiar os sócios do Alvinegro. O contrato entre as duas partes é válido até novembro deste ano.

A última aparição de Pelé em um evento do Santos foi em 25 de abril de 2014, ao anunciar uma parceria com a Unicef, esta que também chega ao fim neste ano.

No contrato assinado em 2014, o Santos deveria pagar 500 mil dólares a Pelé, que representaria o clube quatro vezes por ano. Com o descumprimento do acordo, a empresa que administra sua carreira cobra aproximadamente R$ 3 milhões.

Em contato com a reportagem, o Santos alega que o banner rasgou e por isso foi retirado. O clube não pretende repor o anúncio de Pelé.