Russel Dias
13/10/2017
06:00
Santos (SP)

O Santos terá quatro caras novas no elenco nos próximos dias, mas não se trata de novas contratações. Os garotos do tão badalado time sub-17 serão as novidades no grupo comandado por Levir Culpi.

Os atacantes Rodrygo e Yuri Alberto e os meias Victor Yan e Lucas Lourenço terão suas promoções antecipadas. A ideia da diretoria era promovê-los no ano que vem, mas a situação do time no Brasileirão facilitou o processo de profissionalização das joias. O Peixe é o segundo colocado do Brasileiro e está a dez pontos do Corinthians, líder. 

A princípio, o quarteto vai participar de dois treinos por semana e eventualmente um será relacionado por Levir para um jogo do Brasileirão. No combinado com a comissão técnica do sub-17, nenhum deles serão desfalques em jogos da Copa do Brasil ou do Campeonato Paulista da categoria, que ainda está sendo disputado.

O atacante Yuri Alberto e o meia Victor Yan estão com a Seleção Brasileira e se apresentam a Levir depois. Rodrygo e Lucas Lourenço serão os primeiros a conhecerem o trabalho do time de cima.

O atacante Rodrygo é um dos jogadores que mais chama a atenção. Antes mesmo de completar 18 anos, coleciona convocações para a Seleção e tem contrato com a Nike.

Yuri Alberto não fica por menos. Com 1,83 m aos 16 anos, já fez mais de 50 gols em um ano na base, recorde que era de Diego. O centroavante já chamou a atenção de Manchester United (ING) e Real Madrid (ESP).

Já Victor Yan se destaca pela mobilidade e velocidade de transição para chegar ao ataque. Lucas Lourenço tem características de armador e já fez parte das Seleções Brasileiras de base.

Mesmo com a promoção ao elenco profissional antecipada, a diretoria santista planeja que os quatro atletas sejam peças principais do time que vai disputar a Copinha no ano que vem.

Além do talento do quarteto e de outros jogadores da categoria, o sub-17 do Alvinegro é tratado com zelo também pelo insucesso do sub-20. Nesta temporada, o juniores foram eliminados precocemente no Paulista, na Copa do Brasil e na Copinha.