Odílio Rodrigues - Santos

Odílio Rodrigues será acusado pelo Santos por gestão temerária na Justiça (Foto: Ricardo Saibun / Santos FC)

LANCE!
13/04/2016
10:00
Santos (SP)

Depois de decidir processar o ex-presidente Odílio Rodrigues por gestão temerária, o Conselho do Santos tem uma reunião extraordinária importante nesta quarta-feira, às 20h, na Vila Belmiro. O que estará em pauta é a votação do parecer final da Comissão de Inquérito e Sindicância sobre as demonstrações financeiras da gestão de 2014.

De acordo com o artigo 68 do estatuto do Peixe, a reprovação de contas pode resultar na expulsão de um ex-presidente do quadro de sócios do clube, o que deve ser proposto por alguns conselheiros, além da comissão responsável.

Anteriormente, o Conselho tinha votado a favor de um processo contra Odílio por gestão temerária, crime que pode dar dois anos de prisão, devido a negociações que comprometeram receitas futuras do clube, como a contratação do atacante Leandro Damião por R$ 42 milhões, que resultou em uma ação trabalhista do atacante, por salários atrasados. A decisão foi acatada pelo executivo do Alvinegro.

Odílio Rodrigues foi eleito como vice-presidente em 2009, na chapa encabeçada por Luis Álvaro Ribeiro. Após a renúncia de Laor, por problemas de saúde, Odílio assumiu a presidência em 2013 e em 2014 em definitivo.