Léo Saueia e Russel Dias
29/06/2016
12:34
Santos (SP)

Com a convocação da Seleção Brasileira olímpica, foi confirmado que o Santos perderá três titulares por pelo menos seis rodadas do Campeonato Brasileiro, são eles: o lateral-esquerdo Zeca, o volante Thiago Maia e o atacante Gabigol.

O último jogo em que eles participarão, caso não haja nenhum imprevisto, é contra a Ponte Preta, no dia 16, na Vila Belmiro, pela 15ª rodada. Depois, o trio se apresenta ao técnico Rogério Micale, no dia 18, na Granja Comary. 

Caso a Seleção Brasileira chegue à final ou à decisão de terceiro lugar, eles retornam para a 22ª rodada, contra o Figueirense, no dia 28 de agosto, para duelo também na Vila Belmiro.

Conforme o LANCE! apurou, o Santos não vai pedir adiamento de nenhuma rodada ou ressarcimento dos salários dos jogadores.

As partidas do Peixe sem Zeca, Thiago Maia e Gabriel serão contra: Gama (dois jogos) pela Copa do Brasil), Vitória (fora), Cruzeiro (em casa), Flamengo (em casa), América-MG (fora), Atlético-MG (em casa) e Coritiba (fora).

Desta forma, o técnico Dorival Júnior terá que escolher os substitutos de seus titulares. Na lateral-esquerda, não há dúvidas, Caju deve suprir a ausência de Zeca.

Já no meio de campo, para a vaga de Thiago Maia, Yuri é quem está na frente na disputa. O volante recém-contratado do Audax entrou no decorrer dos jogos e agradou a comissão técnica. Atrás dele, estão Valencia, Alison e Leandrinho, além dos meias Longuine e Léo Cittadini, que atuam improvisados, mais recuados.

No ataque, o colombiano Copete é forte candidato para jogar pelos lados na ausência de Gabigol. O ex-atacante do Atlético Nacional foi a contratação mais cara do Peixe para a temporada: R$ 5 milhões. Caso ele não corresponda à expectativa, Paulinho, Maxi Rolón e Matheus Nolasco brigam pela vaga.