Russel Dias
25/10/2017
06:00
Santos (SP)

O Santos se despede do Pacaembu em 2017 neste sábado, às 17h, quando enfrenta o São Paulo, pela 31ª rodada do Brasileirão. No entanto, apesar de ter mandado oito jogos na capital paulista em 2017, sua maior frequência no estádio desde 2011, a despedida será como visitante.

A diretoria do Peixe pretendia mandar mais uma partida em São Paulo, mas o histórico de briga de torcidas contra Vasco e Atlético-MG fez o clube recuar na tentativa, já que seria necessário mais policiais para a segurança do estádio que tem maior perímetro. Os duelos acontecem nos dias 4 pela 32ª rodada (Atlético-MG) e 8 pela 33ª rodada (Vasco). Portanto, as duas partidas acontecerão na Vila Belmiro, local que necessita de menor policiamento.

O ano em que o Peixe mais foi a São Paulo como mandante no século 21 foi 2011, quando foi campeão da Libertadores e tinha Neymar como sua principal estrela, fator considerado para estimar o público pagante.

Em 2017, o recorde de público do Santos foi no Pacaembu, nas quartas de final do Campeonato Paulista, contra a Ponte Preta, em que 37.145 pessoas estiveram presentes, sendo 33.236 pagantes, o que gerou uma renda de R$ 1.515.650. No último domingo, na vitória sobre o Atlético-GO, na Vila Belmiro, a equipe jogou para 4.245 pagantes, que no final significou um prejuízo de R$ 32 mil. 

O pior público do ano foi no início da temporada, durante o Campeonato Paulista. O duelo contra o Novorizontino, vencido por 3 a 1, foi visto por 3.195 pessoas na Vila e deu prejuízo de R$ 25 mil. Na ocasião, a renda foi de R$ 82.270,00, mas os gastos foram de R$ 107.453,18.

O Peixe sustenta uma invencibilidade no Pacaembu que já dura quatro temporadas. Até a partida contra a Ponte Preta, válida pelo Brasileirão deste ano, o aproveitamento do Santos no estádio era de 100%. Desde a chegada do técnico Levir Culpi, foram quatro jogos no Paulo Machado de Carvalho, sendo dois empates e duas vitórias.

No último clássico contra o São Paulo no Pacaembu, em outubro de 2016, o Alvinegro também foi visitante e saiu como vencedor. Copete marcou o único gol da partida.