Russel Dias
12/01/2017
06:00
Santos (SP)

Apesar de cinco reforços terem se apresentado ao Santos no primeiro dia de trabalho, as negociações nos bastidores não param. Atualmente com 36 atletas no elenco, o Peixe corre para ter mais um e decidir o futuro de outros quatro que devem sair.

Na quarta-feira, Thiago Ribeiro, Lucas Otávio, Lucas Crispim e Serginho retornaram de empréstimo, mas só o último tem chances de permanecer. Ele será avaliado por Dorival Júnior ao longo da pré-temporada. No Vitória, em 2016, o meia chegou a ser titular, mas perdeu espaço sob o comando de Argel.

Os outros três não fazem parte dos planos do técnico Dorival Júnior. Crispim e Lucas Otávio foram para o time B, enquanto Thiago Ribeiro completará treinos até ser negociado. Além de ter sido afastado no Bahia, o atacante tem salário superior ao teto do clube, de R$ 200 mil.

O único do grupo que já estava em 2016 e tem chances de sair é o atacante Rodrigão. Com a chegada de Kayke, ele perderá espaço e está na mira de Grêmio e Vitória. Ainda nesta semana ele foi procurado por dirigentes do clube baiano.

A ideia da diretoria santista era usá-lo como moeda de troca, o que ainda não foi possível, já que o único jogador do Vitória que interessava ao Alvinegro era Marinho, que vai para o futebol chinês e tem valor quatro vezes maior.

Depois de Cleber, Matheus Ribeiro, Leandro Donizete, Vladimir Hernández e Kayke, apenas mais um atacante deve chegar. No momento, as atenções estão voltadas para Bruno Henrique, do Wolfsburg.

Confira a lista com todos os atletas à disposição neste momento:

Goleiros: Vanderlei, Vladimir, John e João Paulo
Laterais: Daniel Guedes, Matheus Ribeiro, Victor Ferraz, Zeca e Caju
Zagueiros: Cleber, David Braz, Gustavo Henrique, Luiz Felipe, Noguera e Lucas Veríssimo
Volantes: Yuri, Yan, Alison, Renato, Thiago Maia, Léo Cittadini, Fernando Medeiros e Leandro Donizete
Meias: Lucas Lima, Vecchio, Vitor Bueno, Jean Mota, Longuine, Thaciano e Matheus Oliveira
Atacantes: Ricardo Oliveira, Copete, Vladimir Hernández, Kayke, Rodrigão e Arthur Gomes