Léo Cittadini

Cittadini ganhou a vaga deixada por Thiago Maia (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

LANCE!
05/08/2016
13:03
Santos (SP)

A liderança do Campeonato Brasileiro conquistada na última rodada ainda não mexeu com os jogadores do Santos. Prestes a encarar o lanterna América-MG, no Independência, no domingo, às 11h, os jogadores adotam o discurso de ter pés no chão, sinônimo de tranqulidade e respeito ao adversário.

O volante Léo Cittadini, que tem uma característica de ofensividade se comparado a Thiago Maia e Yuri, quer que o Alvinegro mantenha a postura de ataque.

- Temos um novo jogo difícil, agora temos que mudar a postura e atacar mais para vencer fora de novo. Mais do que chegar na liderança, é necessário se manter. É mais difícil manter. Temos que estar preparados, não se iludir e ter pés no chão para comemorar isso só no fim do ano - disse o camisa 27.

Em Belo Horizonte, o Peixe reencontra o técnico Enderson Moreira, que passou pelo clube em 2014 e 2015.

Mesmo sem ter sido utilizado por Enderson, Cittadini ressalta que o o América-MG evoluiu sob o comando do treinador.

- Time do América melhorou com Enderson, jogaram melhor nos dois últimos jogos. Vai ser difícil, independentemente da posição em que eles estejam - finalizou.

O Santos treinou no período da manhã desta sexta no CT Rei Pelé e viajou para Belo Horizonte já no período da tarde.