Jean Chera

Jean Chera voltou em 2015 e agora tem o primeiro contrato profissional no Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Gabriel Carneiro
08/01/2016
15:54
São Paulo (SP)

O Santos oficializou o pedido por uma segunda chance do garoto Jean Chera nesta sexta-feira, quando o Boletim Diário (BID) da CBF registrou em sua página o primeiro contrato do meio-campista de 20 anos com o clube. Ano passado, quando pediu ao presidente Modesto Roma Júnior para voltar, Chera assinou um vínculo provisório, com ganhos de apenas R$ 900 mensais, o mínimo que o clube pode pagar por lei. Para 2016, porém, o contrato tem duração de um ano, os vencimentos são superiores e a expectativa é de reescrever uma história.

Há cinco anos, Jean Chera encerrou sua primeira passagem pelo Santos de maneira frustrante. Apontado desde os 11 anos como provável joia da Vila Belmiro, o garoto não entrou em acordo no momento em que foi assinar o primeiro contrato profissional com o clube. Agenciado por seu pai, Chera pediu um contrato de três anos com o Santos, com salários progressivos (R$ 75 mil no primeiro ano, R$ 100 mil no segundo e R$ 130 mil no terceiro), além de luvas avaliadas em R$ 1 milhão. O Santos não queria pagar nada além de R$ 30 mil mensais, e recusou a proposta. 

Na sequência da carreira, Jean Chera não deu mostras de que valia o investimento. Ele passou por Genoa (Itália), Flamengo, Atlético-PR, Cruzeiro, Oeste, Universitatea Craiova (Romênia), Pinheiros-SC, Paniliakos (Grécia) e Cuiabá, e jamais se destacou. Ano passado, de férias em Santos, entrou em contato com a diretoria pedindo uma segunda chance, já que estava no último ano de categoria de base. Depois de alguma insistência, o clube aceitou, desde que ele recebesse o salário mínimo das divisões de base e começasse na categoria sub-23, implantada em 2015 e que disputou apenas amistosos e jogos-treino. Dedicado, Chera aceitou, perdeu peso, agradou e fez a comissão técnica pedir sua renovação.

Apesar do contrato assinado por um ano, Jean Chera começará 2016 no Vitória-PE, já que foi emprestado para "completar seu processo de amadurecimento", segundo o Santos. Em junho, após a disputa do Pernambucano, o garoto de 20 anos volta para servir o Santos B ou na Copa Paulista ou na Série B do Campeonato Paulista, emprestado à Portuguesa Santista em parceria celebrada entre os dois clubes.

FILHO DE MARCELINHO CARIOCA TAMBÉM ASSINA

Lucas Surcin, de 22 anos, foi anunciado nesta quinta-feira como nova contratação do Santos B. O garoto que já rodou por clubes como São Caetano, Audax-RJ, Marília, Maracaju-MS e Tupã-SP, é filho de Marcelinho Carioca, um dos maiores ídolos da história do Corinthians e que defendeu o Santos entre agosto de 2001 e janeiro de 2002, sem deixar saudades. O vínculo original vale somente até abril, período em que ele permanecerá no Vitória-PE, por empréstimo. Caso agrade, ele será integrado ao Santos B.

Além de Jean Chera e Lucas Surcin, o meio-campista Marcelo Oliveira também defenderá o Vitória-PE no Pernambucano de 2016 por empréstimo. Os três assinaram novos vínculos com o Santos neste ano.