Russel Dias
27/04/2016
06:00
Santos (SP)

Lucas Lima já se frustrou na arquibancada, quando há dois anos viu o Santos perder o Paulistão para o Ituano. Mais de um ano depois, ele tentou evitar uma nova derrota, mas não conseguiu e o Palmeiras foi vencedor na decisão da Copa do Brasil. Apesar de ter conquistado o Estadual de 2015, foi na derrota que os aprendizados aconteceram para o principal criador de jogadas do Peixe.

É justamente agora, quando o Santos vai encarar um time que não está entre os grandes paulistas em uma decisão que essas lições farão a diferença. Em 2014, o Ituano parecia não ter força para levar a taça. E levou. Desta vez, a cautela com o Osasco Audax, adversário de domingo, às 16h, fora de casa, é bem maior.

Representante desses garotos que estão calejados pelas derrotas, Lucas Lima nota a principal diferença no atual elenco santista.

– Nesse ano temos um elenco mais maduro. Fiquei fora dos dois jogos com o Ituano. Sofri na arquibancada. Minha opinião é que a equipe de 2014 era boa, mas psicologicamente não estava tão preparada. Não jogamos nada nas finais e perdemos o título. Agora ganhamos maturidade pelo que aconteceu no ano passado de ganhar título e de não ser campeão – conta o camisa 20 em entrevista exclusiva ao LANCE!.

Antes de chegar ao Santos e à Seleção Brasileira, Lucas Lima defendeu equipes que não costumam ter o rótulo de favoritas, como a Inter de Limeira, por exemplo. Por esta experiência, o meia sabe bem como os jogadores do outro lado pensam na hora de encarar o santos em uma final de Campeonato Paulista.

Por outro lado, o sentimento de quem não quer a medalha de segundo lugar novamente parece motivar ele e os outros santistas para que o fato não se repita mais.

Desta vez, além da gana por vencer, o Alvinegro liderado pelo calejado Lucas Lima parece saber onde vai parar com o futebol apresentado.

– São meninos maduros e conscientes do que querem. Sabemos da responsabilidade e de onde queremos chegar – aponta o maestro santista. Com ele jogando o Paulistão, o Peixe não sabe o que é vice-campeonato, nem diante de um rival.

'Sentimento da Copa do Brasil é de que perdemos para nós mesmos', Lucas Lima.

Confira o bate-bola exclusivo com Lucas Lima:

A perda mais recente, da Copa do Brasil deixa você e o elenco engasgados e motivados?

Não estou engasgado, não. O sentimento da Copa do Brasil é de que perdemos para nós mesmos. Deixamos escapar da nossa mão. Mas em clube grande não se pode deixar passar um título. Tem dificuldade, mas estamos preparados para fazer dois grandes jogos e sermos campeões

O elenco tem muitos garotos. Que tipo de aprendizado você e eles tiram das perdas em finais?
São meninos maduros e conscientes do que querem. Sabemos da responsabilidade que temos em mais uma final e onde queremos chegar.

Qual o pensamento de um jogador que está em uma equipe que não é favorita diante de um dos maiores times do estado?
Querem mostrar para serem contratados por outros times, de Série A, transferências para fora. O time do Audax é qualificado e merece muito estar na final, tem nosso respeito.