Chiquinho

Chiquinho tem 21 jogos e um gol marcado pelo Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

LANCE!
05/11/2015
15:23
Santos (SP)

Chiquinho estava lesionado quando Dorival Júnior assumiu o comando do Santos, há quase quatro meses, e não conseguiu mais retomar seu espaço mesmo depois de recuperado. Suplente do garoto Zeca, o camisa 23 terá uma rara oportunidade de atuar neste domingo, quando o Peixe visita o Joinville, às 18h, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Chiquinho tem treinado como titular durante a semana, mas ainda não sabe se começará jogando no próximo desafio do Peixe.

- O Zeca é um excelente jogador, vem fazendo um ótimo campeonato, ele conquistou a vaga. Hoje eu estou tendo a oportunidade de estar atuando na esquerda, caso Dorival acabe optando por mim, já que também tem o Caju treinando muito bem. Quem o Dorival optar vai estar ajudando o time - afirmou Chiquinho, que até agora entrou em campo 21 vezes pelo Santos, com um gol marcado e três assistências realizadas.

Diante do Joinville, o Santos tentará manter o quarto lugar do Campeonato Brasileiro a 20 dias das finais da Copa do Brasil, torneio que dá vaga na Libertadores ao campeão. O problema é que o time de Dorival Júnior tem apenas uma vitória como visitante no Brasileiro, além de seis empates e nove derrotas que atrapalham a arrancada na competição. 

Para Chiquinho, que volta a ser utilizado tentando reverter essa condição do Santos atuando fora de casa, o segredo é adotar uma postura semelhante ao desempenhado na Vila Belmiro, onde o Peixe tem 15 vitórias seguidas.

- Precisamos manter o mesmo ritmo que estamos tendo na Vila Belmiro. Usar mais o contra-ataque, que é o nosso forte. Precisamos fazer isso também fora de casa. Contra-ataque rápido, toque de bola. Vamos procurar fazer isso no campo do Joinville, faturar mais três pontos e continuar no G4 - afirmou o jogador, que atualmente negocia sua renovação de contrato com o Santos.