Luis Alvaro Oliveira Ribeiro (Foto: Miguel Schincariol/ LANCE!Press)

Biografia de Luis Alvaro promete trazer detalhes da transação de Neymar (Foto: Miguel Schincariol/ LANCE!Press)

LANCE!
13/11/2015
16:23

Presidente do Santos de janeiro de 2009 a maio de 2014, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, conhecido por Laor, pretende lançar uma biografia onde conta detalhes de sua vida e, em especial, do período em que administrou o clube alvinegro. A obra, com o título "Paixão e ousadia - uma vida que vale a pena contar - está na plataforma de crowdfunding Bookstart, que busca arrecadar um valor mínimo para levar o livro ao mercado. 

O livro é fruto de depoimentos de Laor ao jornalista Bruno Freitas (autor de 'Queimando as traves de 50', uma biografia do ex-goleiro Barbosa). Ele conta também com a colaboração de Arnaldo Hase, que foi gerente de comunicação do Santos durante a presidência do biografado. 

Segundo texto de divulgação no site da Bookstart, no livro "Laor dá detalhes da venda de Neymar ao Barcelona, na transferência mais comentada da história do futebol brasileiro. Também falou sobre Ganso, Robinho, rivais e muitos outros temas dos bastidores da gestão de um de clube de futebol". 


Na gestão de Luis Alvaro, o Santos voltou a conquistar o título da Libertadores após 48 anos, em 2011, além de ter sido tricampeão paulista (2010/11/12), campeão da Copa do Brasil (2010) e da Recopa Sul-Americana (2012). Sua presidência ficou marcada pela ação que manteve Neymar por mais tempo no clube, mas também pela transação polêmica do atacante com o Barcelon. Os nebulosos valores envolvidos no negócio levaram à renúncia de Sandro Rosell do comando do clube catalão, em decorrência de investigações da justiça espanhola, além de ter feito o Santos, na atual gestão de Modesto Roma,  acionar o jogador tentando receber mais dinheiro pela venda. 

Livro do Laor
Biografia está em plataforma de arrecadação  (FOTO: Divulgação)


Laor renunciou à presidência do Santos em maio do ano passado, na reta final do seu segundo mandato, por motivos de saúde. O seu vice, Odílio Rodrigues assumiu e terminou a gestão de forma controvertida, com o clube devendo salário a jogadores, situação que culminou com a saída de Aranha,  Arouca, Mena e Damião. 

Quem quiser saber como participar da campanha de financiamento coletivo da biografia deve entrar no site da Bookstart (https://bookstart.com.br/laor) e conhecer os pacotes.