Russel Dias
17/05/2016
15:14
Santos (SP)

Na busca por se reforçar para a disputa do Campeonato Brasileiro, o Santos está muito próximo de anunciar o colombiano Jonathan Copete, de 28 anos, como novo atacante da equipe. O Atlético Nacional (COL) aceitou a proposta de 2 milhões de dólares (R$ 7 milhões), e os clubes discutem apenas o pagamento de impostos para sacramentar o negócio.

Na transação, o imposto corresponde a 10% do montante que trará Copete à Vila Belmiro, no caso R$ 700 mil. A tendência é de que cada clube se responsabilize por metade dos impostos para garantir a negociação.

Na proposta santista, os 2 milhões de dólares serão pagos em quatro parcelas, sendo cada uma delas depositadas a cada trimestre. Ou seja, o Peixe desembolsará 500 mil dólares ao Atlético Nacional e demorará um ano para quitar a dívida.

O Peixe, aliás, enviará nesta quinta-feira um representante para negociar o valor de salários e luvas (bônus pela assinatura do contrato) diretamente com o jogador e com seu empresário. O Alvinegro estuda oferecer um contrato de três temporadas. 

A princípio, o presidente Modesto Roma Júnior se encontraria com Juan Carlos de la Cuesta, dirigente do Atlético Nacional, em uma reunião de clubes sul-americanos para formação de uma liga independente à Conmebol. Entretanto, o colombiano não estará presente no encontro, e o Santos enviará o empresário Luiz Taveira à Colômbia para resolver as pendências e fechar com Copete.

Caso o Peixe acerte salários e tempo de contrato com Jonathan Copete, o jogador chegaria à Vila Belmiro apenas após a eliminação do Atlético Nacional na Libertadores. Os colombianos estão nas quartas de final do torneio e disputam o jogo da volta em casa, após perder o primeiro duelo por 1 a 0 para o Rosario Central, da Argentina. O Santos, portanto, torce pela eliminação do Atlético já nesta quinta-feira, data do confronto, para anunciar o novo reforço.

Titular da equipe colombiana, Jonathan Copete tem 17 jogos disputados na temporada e seis gols marcados. Pela Libertadores, são três gols em sete partidas. Vale destacar também que o atacante despertou a atenção de Modesto Roma Júnior quando o dirigente santista viajou para assistir a um dos companheiros de ataque de Copete, o jovem Marlos Moreno.