Russel Dias
04/10/2017
16:40
Santos (SP)

O Santos vendeu Gabigol há pouco mais de um ano, mas continua monitorando os passos de sua última grande revelação. Depois de uma temporada na Inter de Milão (ITA), o jovem de 21 anos foi emprestado ao Benfica (POR) e entrou no decorrer de três jogos até agora, somando 89 minutos em campo.

Caso Gabriel não seja aproveitado como planeja até a janela de transferências do inverno europeu, no começo do ano que vem, seu estafe não descarta uma volta ao futebol brasileiro e principalmente ao Peixe. A atual diretoria do Alvinegro, comandada por Modesto Roma, que busca a reeleição no pleito de dezembro, não tem intenção de fazer uma oferta ao jogador no momento, mas se mantém atenta caso o retorno do atacante ao Brasil seja considerado.

Antes de ir a Portugal, alguns de seus representantes mantiveram contato com a diretoria santista, mas não avançaram em conversas para repatriar o ex-camisa 10 santista.

Gabigol tem cinco anos de contrato com a Internazionale e está emprestado ao Benfica por uma temporada. Os italianos ainda são responsáveis por uma porcentagem de seus vencimentos, que giram em torno de R$ 900 mil.

Na Itália, o atacante esteve em dez jogos na temporada passada e balançou as redes uma vez. Mesmo tendo custado 29,5 milhões de euros (quase R$ 100 milhões), a Inter preferiu emprestá-lo para que ganhe mais experiência na Europa. Durante a temporada em que o atacante foi contratado, três técnicos passaram pelo comando da Inter de Milão.

Promovido ao profissional do Peixe em 2013, Gabriel fez 57 gols em 156 jogos. Ele foi campeão paulista em 2015 e 2016 e vice-campeão da Copa do Brasil de 2015.