Aranha - Santos

Aranha defendeu o gol do Santos entre 2011 e 2014. Goleiro aceitou acordo na Justiça (Foto: Ivan Storti / Santos)

LANCE!
07/02/2016
16:50
Santos (SP)

Após cobrar o Santos na Justiça por salários atrasados, o goleiro Aranha teve que aceitar um acordo para deixar o clube, em janeiro de 2015. Posteriormente, passou uma temporada no Palmeiras e atualmente está sem clube. Um ano depois de deixar a Vila Belmiro, o goleiro revela que o Alvinegro deixou de pagar o acordo integral e ainda lhe deve.

- Tive de aceitar um acordo com o Santos para sair, no começo do ano passado. Aí, combinamos que eles me pagariam tudo o que deviam em diversas parcelas. Só que pagaram as primeiras e nunca mais. Já tentei cobrar, mas não adianta - disse o goleiro em entrevista ao Blog do Jorge Nicola.

Questionado se voltaria a defender o Santos, Aranha é sincero, mas faz uma ressalva.

- Por que não? É lógico que sim, mas tenho certeza de que não seria do agrado do torcedor. Até hoje, quando encontro santistas na rua, me perguntam por que saí, dizem que fui mercenário… É o primeiro caso de mercenário que não ganha - disse.

Aranha chegou ao Peixe em 2011 e passou a ser titular após a venda de Rafael Cabral para o Napoli (ITA). Em 2014, ficou sem receber quatro meses de salário e outros cinco referentes a direitos de imagem.

Ainda assim, a Justiça do Trabalho não permitiu que ele rescindisse seu contrato. Desta forma, o goleiro só deixou o Alvinegro ao fazer um acordo. O mesmo aconteceu com o volante Arouca. 

Ao todo, ele fez 124 jogos pelo Santos e foi vazado 118 vezes.