Máscara de Marquinhos Gabriel

Para usar e torcer: máscara de Marquinhos Gabriel a pedido dos internautas do L! (Arte sobre foto de divulgação)

Gabriel Carneiro e Russel Dias
18/11/2015
07:30
São Paulo (SP)

A mobilização começou na manhã de terça-feira, durante o café dos jogadores do Santos no CT Rei Pelé. À mesa ao lado de Marquinhos Gabriel estavam David Braz, Gabigol e Lucas Otávio, que postaram ao mesmo tempo uma foto do encontro e a "resenha" do momento: estava lançada a campanha “#FicaMessinhoGabriel31”, que rapidamente ganhou compartilhamentos e adesões da torcida do Peixe, que teme a saída de um dos xodós do atual elenco no fim do ano.

Marquinhos Gabriel está emprestado ao Peixe pelo Al Nassr, da Arábia Saudita, até dezembro de 2015. A negociação pela renovação não é simples, apesar do desejo manifestado da diretoria do Santos, do camisa 31, que caiu nas graças de Dorival Júnior, e especialmente da torcida. Nos primeiros contatos, o Al Nassr já colocou o pé no freio.

Por mais que a torcida do Santos esteja se esforçando, o clube árabe já informou que não vai prolongar o empréstimo de Marquinhos, pois recebeu outras propostas superiores a 4 milhões de dólares (R$ 15 milhões), valor de compra fixado em contrato. O Alvinegro, apesar de furada sua principal estratégia de negócio, não desiste da permanência do jogador e acredita que pode até exercer o direito de compra.

O obstáculo óbvio é o valor fora da realidade financeira atual do Peixe, que não descarta buscar parcerias com investidores. A ideia é que Marquinhos se valorize se, por exemplo, participar de uma Copa Libertadores, e então ganhe mais valor de mercado. A Traffic, empresa que representa o jogador, também já aprova esta possibilidade.

Mais de dois mil torcedores se mobilizaram pelo Twitter e o Santos está empenhado na negociação pela renovação de Marquinhos Gabriel, o novo xodó dos alvinegros. Agora só falta o Al Nassr permitir que esta história continue viva.

BATE-BOLA com MARQUINHOS GABRIEL
Meia-atacante do Santos, ao LANCE!


HOME - Treino do Santos - Marquinhos Gabriel (Foto: Ivan Storti/LANCE!Press)
Marquinhos Gabriel tem 41 jogos pelo Santos, sendo 27 com Dorival: nove gols e seis assistências até agora  (Foto: Ivan Storti/LANCE!Press)


Você é o segundo jogador com mais partidas pelo Santos com Dorival. Ele redescobriu seu jogo?
Se dentro de campo eu não estivesse correspondendo, haveria desconfiança da parte dele (Dorival) e não teria esses números dentro de campo. Tem a minha parte e a parcela dele, que é grande. Espero que continue assim.

Ele acha que você é o maior reforço que pode chegar em 2016. Como encara essa afirmação dele?
Para mim é uma motivação, até pelo que passei no primeiro semestre, foi difícil de assimilar. Depois dessa dificuldade nada mais pode me deixar baixar a cabeça, nem os elogios podem me fazer relaxar. Preciso trabalhar porque muitas pessoas ao meu redor precisam da minha dedicação. Quero manter isso até o fim da minha carreira como atleta.

Você tem contrato no fim, e em 2016 o Santos pode jogar a Libertadores. Seria frustrante não ficar?
Nem estamos pensando nisso. Precisamos pensar positivo porque é assim que começam as coisas positivas a virem para o nosso lado. Tem que pensar que a gente vai jogar a Libertadores, que vamos ser campeões. Esperamos conquistar.

No início da carreira você teve muitas lesões. Sua boa fase agora tem a ver com as poucas lesões?
Sim, só tive uma lesão aqui que durou uma semana. Depois da lesão a gente perde o ritmo, depende do tempo que fica parado, é difícil. Essas lesões eu tenho que agradecer a Deus por não estarem mais acontecendo. Os trabalhos extracampo e academia têm dado resultado neste ano para mim.

Como está a renovação?
Está sendo conversada entre Santos e Al Nassr. Tenho liberdade para dar opinião e a minha opinião é de ficar aqui. Espero que dê tudo certo e o desfecho seja positivo para todos.