Diogo Vitor - Santos

Rebaixado à equipe B, Diogo Vitor terá dois novos empresários (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

Bruno Cassucci e Léo Saueia
09/09/2016
06:10
São Paulo (SP)

Depois de mais um entre tantos desaparecimentos no Santos, o atacante Diogo Vitor retornou ao clube e está integrado à equipe B. Com bom desempenho nos treinamentos, o jovem de 19 anos será inscrito na Copa Paulista pelo técnico Kleiton Lima e em breve almeja nova oportunidade no elenco profissional. Isso tudo graças a novos cuidados extracampo.

Apostando no potencial do atacante, que está no Peixe desde a categoria sub-15, o empresário do atleta, Rodrigo Bulgarelli, da empresa Toni Sports, firmou parceria na representação com o agente Wagner Ribeiro e com a Traffic, personagens influentes no mercado do futebol.

A ideia do trio que agora cerca Diogo Vitor é dividir as responsabilidades no gerenciamento da carreira do jovem. A principal missão será fazer com que ele mantenha o foco apenas em campo e não falte mais a treinos, já que o Santos cogitou inclusive rescindir seu contrato após as últimas faltas.

Nos próximos dias, Wagner Ribeiro, empresário de Neymar e Gabigol, e representantes da Traffic, empresa que cuida de atletas como David Braz, Victor Ferraz e Marquinhos Gabriel, pretendem marcar uma reunião com o próprio clube. O objetivo é detalhar os planos para recuperação de Diogo e deixar claro que o jogador está focado em recuperar seu espaço com as próprias atitudes. 

Desde o último sumiço, que não teve justificativa apresentada até hoje, Diogo deixou de morar em Santos com o irmão e passou a alugar um hotel em Santo André. O empresário Rodrigo Bulgarelli reside na cidade e está em tempo integral com Diogo, inclusive o levando e buscando dos treinamentos diariamente no CT Rei Pelé.

Diogo Vitor surpreendeu o técnico Dorival Júnior com seu potencial, mas perdeu a confiança do treinador após faltar a treinos no elenco principal. Agora, influentes empresários apostam no jogador, que terá todo o cuidado psicológico e estrutural fora dos campos para manter o foco apenas em jogar futebol.