Russel Dias
06/07/2016
14:01
Santos (SP)

Depois do atacante Diogo Vitor, foi a vez de Jean Chera ser procurado pelo Santos. Há pouco mais de uma semana, o meia de 21 anos estava fazendo tratamento após torcer o tornozelo esquerdo, no entanto, não voltou para dar sequência à recuperação.

O clube não se pronuncia oficialmente, mas não sabe o motivo da ausência do atleta. O jogador também não se pronunciou.

Jean Chera estava emprestado para a Portuguesa Santista, que disputa a Quarta Divisão do Campeonato Paulista.

O meia retornou ao Alvinegro no ano passado, para atuar pelo sub-23. Depois de ficar alguns meses recuperando a forma física, foi emprestado à Portuguesa Santista junto de outros jogadores.

Na época, a diretoria viu o retorno como uma segunda chance ao garoto, que passou por dez clubes em sua carreira. Seu salário era de R$ 980.

As equipes que já contrataram Jean são: Genoa (ITA), Flamengo, Atlético-PR, Cruzeiro, Oeste, Universitatea Craiova, da Romênia, Paniliakos, da Grécia, Buelna, da Espanha e Cuiabá.

A PRIMEIRA SAÍDA DO SANTOS

Há cinco anos, Jean Chera encerrou sua primeira passagem pelo Santos de maneira frustrante. Apontado desde os 11 anos como provável joia da Vila Belmiro, o garoto não entrou em acordo no momento em que foi assinar o primeiro contrato profissional com o clube. Agenciado por seu pai, Chera pediu um contrato de três anos com o Santos, com salários progressivos (R$ 75 mil no primeiro ano, R$ 100 mil no segundo e R$ 130 mil no terceiro), além de luvas avaliadas em R$ 1 milhão. O Santos não queria pagar nada além de R$ 30 mil mensais, e recusou a proposta.