Diogo Vitor - Santos

Diogo Vitor anotou gol de cabeça nesta terça-feira (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

Russel Dias
07/06/2016
17:27
Santos (SP)

Nem Copete, Vecchio ou Rodrigão. O treino do Santos desta terça-feira até teve novidades em campo, mas os gols ficaram por contra de outro reforço, um mais caseiro. O garoto Diogo Vitor, de 19 anos, que começou a ser aproveitado pelo técnico Dorival Júnior na semana passada, foi o grande destaque: dois gols, dribles e arrancadas.

O trabalho coletivo na reapresentação do Peixe foi formado por três times com jogadores da equipe B (sub-23), reservas e alguns atletas que atuaram contra o Botafogo, domingo, quando Diogo estreou, entrando no segundo tempo. Os três conjuntos se enfrentaram duas vezes cada.

Na partida em que mais se destacou, a equipe de Diogo estava perdendo para o Santos B. Em duas jogadas consecutivas, ele anotou um gol de cabeça. Logo após, em jogada individual, pelo lado direito do ataque, entrou na área e bateu no canto oposto.

Na semana passada, logo que voltou a treinar com o elenco profissional, o garoto chegou a treinar como titular, mas acabou começando a partida contra o Botafogo no banco.

- Tenho que agradecer ao elenco e ao Dorival por mais essa oportunidade. Bom estrear com três pontos. Que eu tenha sequência no profissional - afirmou Diogo após entrar no fim do segundo tempo.

Há seis anos na base do Peixe, Diogo Vitor quase deixou o clube. Os gerentes das categorias de base chegaram a pensar que o jogador nunca mais voltaria após um sumiço. No entanto, o atacante ganhou uma nova chance.

Confira a trajetória do garoto do Santos.