Peixe comemora classificação nos pênaltis

Peixe levou a melhor nos pênaltis e sofreu no tempo regulamentar (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos)

LANCE!
11/01/2018
23:17
Santos (SP)

O esteve longe de ser o melhor em campo, mas mesmo assim se classificou para a terceira fase da Copinha, na qual enfrentará o Figueirense, no sábado, às 18h30. Em um gramado prejudicado pela chuva, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novorizonte, Pexe e Mirassol empataram em 1 a 1 no tempo regulamentar. O Alvinegro só levou a melhor nos pênaltis e venceu por 5 a 4.

Durante os 90 minutos, foi o Santos quem saiu na frente, no fim do primeiro tempo, com gol de Walison Madalena, de fora da área. Porém, o Peixe não dava sinais de uma boa apresentação. Pelo contrário, foi pressionado pelo time do interior e esteve mais perto de perder.

Antes do gol feito em chute de longa distância, o time do técnico Aarão Alves tinha dificuldade para trocar passes e abusava dos chutões da zaga. O Mirassol do treinador Ivan Baitello superou as dificuldades do gramado esburacado e esteve mais perto de vencer, mas parou no goleiro Renan Pastre.

No segundo tempo, o Peixe teve uma postura recuada e deu campo para o Mirassol atacar. O treinador santista fez a primeira substituição tirando o lateral direito Vinicius Bailieiro por precaução, pois o defensor já tinha cartão amarelo. O lado esquerdo do ataque era o mais explorado pelo Mirassol.

O gol de empate veio com Lucas, que dominou e venceu Renan Pastre com chute forte e rasteiro. Depois disso, o Alvinegro não buscou o jogo e esperou o tempo passar. Em algumas jogadas, fez até cera, demonstrando confiança nas penalidades.

Ao fim dos 90 minutos, novamente Renan Pastre garantiu para o Santos ao defender uma das cinco cobranças do Mirassol. O Peixe converteu todas com Guilherme Nunes, Bruno Pelegrini, Bruno Moreira, Calabres e Kaio Jorge.

O Alvinegro chega à terceira fase, a mesma na qual foi eliminado no ano passado, para tentar superar as recentes eliminações precoces na Copa São Paulo. A última conquista do torneio aconteceu em 2014.