Modesto

Modesto quer 'chacoalhar' o elenco e blindar de críticas (Foto: Ricardo Moreira/Lancepress!)

Russel Dias
20/10/2016
11:37
Santos (SP)

A derrota para o Internacional e a consequente eliminação nas quartas de final da Copa do Brasil mudou os ânimos no Santos. Apesar dos jogadores terem evitado o abatimento com o resultado, o presidente Modesto Roma Júnior decidiu alterar sua agenda e viaja a Porto Alegre nesta quinta-feira, onde o elenco treina, para ter uma conversa e tentar motivar os atletas para a disputa do Brasileirão.

A diretoria discorda de algumas escolhas da comissão técnica na partida disputada no Beira Rio, mas não pretende fazer qualquer alteração em relação ao comando do time. Inclusive, um dos objetivos da viagem do dirigente é conversar com o técnico Dorival Júnior, mas não em tom de repreensão.

O Peixe enfrenta a Chapecoense no domingo, às 19h30, na Arena Condá, pelo Brasileirão e não retornou à Baixada Santista após a derrota para o Internacional. Na quinta e na sexta-feira, o treino acontece no CT do Grêmio, e a delegação segue para Santa Catarina no fim da tarde de sexta-feira, junto do presidente, que também tenta blindar o elenco de críticas de conselheiros e até de outros dirigentes.

Até então, o único representante da diretoria que estava junto do elenco era o superintendente de esportes, Dagoberto dos Santos, que não costuma ter conversas com o grupo.