Léo e Dorival Júnior

Léo será homenageado e terá espécie de despedida (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

LANCE!
02/10/2016
12:29
Santos (SP)

O amistoso entre Santos e Benfica, no dia 8 de outubro, celebra os 100 anos da Vila Belmiro, homenageia ídolos da história do Peixe, como Léo e Giovanni, que estarão em campo, mas não será levado na brincadeira. O acordo entre as duas equipes prevê titulares em campo, exceto lesionados e convocados para seleções. Tendo isso em vista, o técnico santista Dorival Júnior se preocupa com a condição física de seus jogadores.

Como a partida acontecerá entre um jogo contra o Fluminense e um clássico contra o São Paulo, o treinador vai consultar a diretoria para tentar poupar jogadores.

- Vou conversar com a diretoria e ver o que é necessário, obrigatório. Ver no que podemos dar uma costurada. O jogo é importante, mas é no meio de competição como essa. Temos que ter cuidado, visto o que ocorreu com o Vitor Bueno (com lesão muscular). Mas sem tirar a importância do jogo, claro - pontuou Dorival após a vitória sobre o Atlético-PR, no sábado.

O Benfica viaja ao Brasil nesta semana e pode não ter até 15 jogadores, entre lesionados e convocados, como é o caso do atacante Jonas, que trata uma lesão e é dúvida.

O critério de escolha do adversário do Alvinegro foi baseado na história, já que o Benfica foi o primeiro adversário do Peixe no Mundial de Clubes, em 1962, conquistado pelo time brasileiro. Além disso, o Santos queria voltar a ter uma boa relação com os portugueses, já que a imagem do clube estava arranhada por conta da negociação de Danilo, em 2012. O lateral-direito estava sendo negociado com o Benfica na gestão de Luis Álvaro Ribeiro, e acabou vendido ao Porto.

A diretoria do Santos decidiu batizar o amistoso e presenteará o Benfica com o Troféu Centenário Vila Belmiro, que também ficará no Memorial das Conquistas do estádio.