Léo Saueia e Russel Dias
05/11/2016
16:47
São Paulo e Santos (SP)

Apesar de nota divulgada na manhã deste sábado confirmando que entraria em campo diante da Ponte Preta, às 11h, o presidente Modesto Roma Júnior ainda articula nos bastidores manobra para convencer a CBF de ao menos alterar o horário do duelo deste domingo.

O mandatário está em Campinas com o elenco, que iniciou treinamento às 15h no CT da própria Ponte com vistas à partida. Modesto conversou com os jogadores e explicou que irá pressionar a entidade máxima do futebol brasileiro sob ameaça de não entrar em campo. O clube deve emitir um novo comunicado deixando aberta a possibilidade de não jogar.

No entanto, o LANCE! apurou que, caso a CBF se mantenha irredutível, o Peixe entrará em campo às 11h no Moisés Lucarelli mesmo se sentindo lesado. Isso não quer dizer que a diretoria não tomará as medidas cabíveis na Justiça por conta do infringimento do Estatuto do Torcedor, que não permite alterações assim repentinas.

O Santos aproveitou esta última semana livre para treinamentos e se preparou para entrar em campo às 21h. Todos os treinos do elenco foram feitos na parte da tarde, inclusive o deste sábado, no CT da Macaca. Agora, com alteração de horário às vésperas da partida, preparadores e fisiologistas do clube tentarão diminuir ao máximo o prejuízo no corpo dos atletas.

Para jogos de manhã, o clube costuma fazer um programa de adaptação do organismo dos jogadores ao longo da semana. Desta vez, os profissionais terão apenas um dia para minimizar as consequências. A alimentação já foi alterada, e a presença de carboidratos será reforçada inclusive no café da manhã deste domingo, caso não haja alteração de horário por parte da CBF.